sábado, 19 de março de 2011

Aprendendo a felicidade..

Hoje aprendi a ser feliz, mas não a ser feliz somente consigo mesmo.. E sim ser feliz, desde para com aquele que necessita, até para com aquele que se limita a receber os sorrisos de quem se vê á sua volta...


Mas não é exatamente hoje que aprendi a lidar com essa felicidade, mas foi hoje que resolvi falar um pouco dessa tal alegria que ás vezes fica tão escondida e ninguém fica apto a exaltá-la...

Mesmo que o próximo, por mais triste que esteja, diante de mim, o meu caminho é fazê-lo sorrir... Com gestos, com calma, mesmo que não seja a minha hora, ou o momento adequado de servir, mas com jeito, mostrarei que para tudo, eu estarei ali.

Não quero ser um alguém intolerante, ou até mesmo, irritante, somente quero mostrar que para cada gota de tristeza, existe uma tempestade de felicidade, é somente saber como, com ela, lidar...

Eu somente quero ser alguém que, por mais longe ou próximo esteja, seja lembrado na felicidade, na alegria do mais bem amado ser, que também tem suas idas e vindas, cada qual com seus momentos, mas que deixa o sorriso estampado no rosto, para quem quer que seja!

Peço desculpas, por algum ato indesejado, ou algum exagero falado... Nunca foi minha intenção, magoá-los ou deixá-los irritados...

Mas tão somente, quero estar ao lado, de quem eu amo, meus amigos, meus parentes, presentes em minha vida, tão pertos ou distantes, mas que de alguma forma, penetram, com seus sentimentos, o meu coração, que aqui, estará pra sempre, aberto, nunca intolerante, mas eternamente disposto a receber qualquer palavra, a qualquer instante.

Não sou perfeita, tenho meus defeitos, e minhas qualidades, e essas eu procuro sempre exaltá-las.

Hoje aprendi que a vida é para ser vivida com seus momentos, que a felicidade está por todos os lados, mas só a teremos, quando quisermos, nos determinados instantes de cada tempo...

Por fim, aprendi, mais uma vez, que sou feliz, e que mesmo essa frase se repetindo infinitas vezes, não é para nenhum desaforo, ou simplesmente para deixar alguém chateado, mas tão somente, para mostrar, que do melhor do bem, eu quero repassar.

Minha felicidade


Ás vezes me perguntam,

Por que sinto a felicidade em meu corpo,

E por que deixo a leveza me elevar em minha mente..

Paro e penso, o por que de tais perguntas,

Se em mim, vive o sentimento,

Do querer bem e estar bem, consigo, para com aqueles que me entristecem e principalmente para com aqueles que me sorriem a todo tempo...

A minha felicidade vem desprovida de mágoas e rancores,

Sobrevoando o meu olhar, minhas atitudes e meus pensamentos,

Querendo somente, sobressair por todos os cantos,

E mostrar que a felicidade não tem seu tempo,

Mas está em todos os lugares e instantes,

É nós queremos acreditar que o futuro é nosso presente,

Pois são das surpresas, que nascem os segundos,

E são por esses, que esperamos a cada momento...

A felicidade não é um querer distante,

Muito menos um inimigo apavorante,

É somente a leveza, que se quisermos,

Será com nós compartilhada, em todas as circunstâncias,

Basta sorrirmos para o próximo,

E ver o quão profundo e bom é aquele brilho,

Que invade a face de um estranho amigo...

A felicidade que em meu corpo vive,

Não é somente a felicidade que em minha mente habita,

Mas é, principalmente, a felicidade,

Que encaminho para todos os lados,

Sem importar, a volta que ela terá,

Mas me importando, somente,

Com todos e tudo aquilo, que no momento, receberá.



Felicidade, com seus caminhos...


Caminhos a percorrer,

Tempos que se vão, pelo anoitecer,

Pelos meus olhos, vejo as estrelas,

Que piscam, sem saber,

O que será, o amanhecer,

Só sei que a felicidade bate em minha porta,

E eu sem hesitar, não perco a oportunidade, de mais uma vez, deixá-la entrar,

Sei que algum motivo fê-la estar ali,

Não sei bem qual, mas sei que eu somente sinto-a percorrer meus sentimentos,

Arrepio ao saber que ela recobre meu corpo,

Invadindo com os melhores momentos,

Deixando para trás aqueles tristes pensamentos,

Que me levaram pela escuridão do tempo,

E que agora, no estrelar da noite,

Sinto que a calma e a pureza, me elevam, por dois meios,

Contra pelo simples fato de nunca mais querer acordar,

Querendo sentir somente a leveza do ar,

E a favor, pelo fato de mais um dia chegar...

Sem saber, qual surpresa, qual presente, está a me esperar...

A felicidade conjuga-se no bem querer de estar com todos aqueles que me querem bem....

Ás vezes não enxergo ou não consigo enxergar,

O quão belo é o olhar do próximo, que com pureza, exprime-o a diferenciar...

Da beleza daquele que só está ali, por estar...

Mas paro, e reconheço-o no mesmo instante,

Que o olhar do amor da amizade,

É o mais rico e penetrante,

Comparado com aquele que é só mais interessante,

Pelo fato de estar ali, somente por ajudar,

Esperando a recompensa, que sabe lá, quando vai chegar..

De alguma forma, minhas mãos tentam recompensar,

O sentimento que veio, com aquele,

Que com interesse, fez em minha mente, penetrar,

E de uma certa forma, procurarei,

Algum meio de explicar,

A mim mesma que o sentimento não é alheio,

Mas ensinar que a recompensa,

É dada no mais belo e simples olhar....

domingo, 13 de março de 2011

O meu maior presente..

Cores azuladas vão surgindo, cada vez mais claras..

Uma luz intensa vai refletindo cada pedaço do dia nos meus olhos...

Uma claridade imensa é vista do céu...

Um perfume suave vai se manifestando por todos os cantos...

Uma voz doce invade minha mente...

Um olhar brilhante e profundo me contempla lá do céu...

Abro os olhos e vejo um presente...

Antes de qualquer ato, minhas mãos o alcançam,

E o abro e vejo uma luz imensa que sai de dentro..

Sorrio, e vou à luta..

À luta de mais um dia que está nascendo..

Passam-se as horas, e eu vou entendendo o meu presente...

Passam-se os caminhos e eu vou observando cada movimento...

Novamente, em minha cama, pego o presente..

Olho dentro e vejo, tudo aquilo que vi no meu dia..

Pessoas lindas, amigos, família..

Pessoas que não conhecia mas que sorri para todas,

Pessoas que ajudei, pessoas que me ajudaram..

Pessoas que, cada passagem que tive, me deram um presentinho..

Aquele presentinho que jamais vou me esquecer..

E assim, pego essa caixa, esse presente,

Guardo dentro do meu coração,

Olho pro céu e vejo, uma imensidão,

Estrelas que brilham, lua que sorri,

Luzes que piscam...

Fecho minhas mãos e digo...

“Obrigada meu DEUS por mais esse presente!”



Recosto meus ombros e cabeça..

Fecho os olhos novamente sonho...



Sonho com tudo que aprendi, com tudo que vivi..

E assim, eu sigo a vida,

Abrindo presentes e agradecendo por cada um..

E por mais hoje, eu agradeço....



Obrigada, DEUS por mais esse PRESENTE!



Obrigada Deus, pelas pessoas maravilhosas que habitam meu coração...

E se possível, meu DEUS, dê à elas, todos os dias, os presente que façam de suas faces, pura alegria!!



AMÉM!