sábado, 17 de setembro de 2011

Saudade

Amor intenso pelo ser humano, é o que jamais morrerá..


Que palavra, que sentimento,

Adentrou em meu peito, em sedimentos,

Para não amar-te de repente,

E sim, no mais perfeito tempo...

Foi de repente, como um flash,

Seus olhos encantaram minha alma,

E aqui estou, com minha calma,

Esperando o momento certo,

Para te chamar de amor...

Tantos sentimentos renasceram juntos,

A felicidade também bateu em minha porta,

E trouxe todas as mais lindas cores,

Que refletiram de todas as mais diversas formas...

A paz invadiu-me em um instante,

Fez a humildade estar mais ao meu alcance,

Assim, te digo,

Esse sentimento tão lindo, tão amigo,

Faz-me voar como um pássaro,

Que voa sem parar,

Esperando apenas pelo destino,

Que está a todo o momento a chegar,

Fazendo-me acordar, olhar para o céu e sorrir,

E saber que uma parte de mim,

Está em um único lugar,

Perfeito, de amor sem fim...

Nenhum comentário: