quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Anoitecer


Anoitece, o céu escurece,
A lua felicita alegre,
Meus olhos fitam a escuridão do céu,
E sorriem, com todo o brilho,
Que as estrelas e a lua nos fornecem,
Como se vestissem brilhantes véus...
Parecem dançar e cantar,
Em uma finita noite a se alegrar,
Bailam como se fossem únicas,
E um céu imenso a vislumbrar...
Sinto a melodia, a voz da magia,
Por entre a madrugada a sonhar,
Vejo o paraíso a brilhar,
E sonho do modo mais lindo,
O palco que estou a observar...
Como é magnífico,
Como é lindo,
Sentir a harmonia dos passos,
E os doces entre laços,
É a beleza da natureza,
É a pureza da lua cheia,
É mais uma noite perfeita,
Que faz de todos os passos,
Os meus versos em perfeitos abraços...

Nenhum comentário: