segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Beleza da noite


Sinto o perfume de flores,
Sinto o cheiro das cores,
Prevejo a natureza,
Contemplada nos amores...
Verde, amarelo, azul, vermelho,
Rosa, violeta, até o preto,
Maravilhas que se misturam,
Formando o mais perfeito contentamento...
A vida é assim,
Cheia de cores e argumentos,
Tomam conta de minha mente,
Transformando uma miscigenação de pensamentos...
Cores nascem dentro do corpo,
Reluzem pelos lados, ao todo,
Refletindo em nós mesmos, a vida,
Demonstrando todo seu brilho,
Mas também o lado fosco...
Sentir as cores brilhantes,
Vê-las com um sorriso, exuberante,
Mas enxergar as cores escuras,
E nelas perceber a vida,
Que não se faz oculta,
Apenas um pouco mais escura,
Mas jamais triste, muito menos distante,
Apenas com um brilho intenso, por estar ao longe,
Assim como as estrelas, destacando-se no horizonte,
Mostrando a todos, que também são cores,
Que mesmo ofuscas, tornam-se lindas e exuberantes,
Perante um céu escuro, mas delirante,
Fazendo toda essa natureza,
A mais incrível, a mais penetrante!

Nenhum comentário: