terça-feira, 23 de abril de 2013

Noite delirante


Observo um horizonte infinito,
Mirando no alto, um escuro amigo,
Percebo pontos reluzentes,
Que brilham assim, incessantemente...
Quão belo é o céu da noite,
Lua e estrelas que brilham em cores,
Fazem do infinito um palco incrível,
Que fascinam meus olhos de um jeito único e lindo...
Quão incrível é essa dança,
Que vem das luzes e trazem esperança,
Do compreender que logo nasce um novo viver,
Mas que a noite também seu encanto do mais puro prazer...
Assim, fascino minha imaginação,
Que fantasia danças e cores com perfeição,
Vivendo realidade da vida amiga,
Vivo meus pensamentos na pura magia...
Assim, sorrio incessantemente,
Observando o infinito reluzente,
Fazendo meus pensamentos voarem ardentemente,
Voando e conhecendo sonhos, no eternamente...!

Nenhum comentário: