terça-feira, 24 de abril de 2012

Sonhos


Suspiros profundos cuidam do sono,
Imagens indefinidas surgem na mente,
Imaginam-se sons e cores,
Penetrando cada sonho, levemente...
Perco-me nas imaginações,
Sigo os passos, mas sem direções,
Sigo o que meus pensamentos seguem,
Sem rumo, sem lamentações,
Apenas imaginando o mundo,
Nos seus sons e suas cores,
Penetrando meus sentimentos,
No mais profundo...
Sinto que me perco,
Sinto que não entendo,
Aquelas imagens que se propagam,
Mas fazem de minha mente,
A mais bela paisagem...
Sinto-me leve,
Sinto-me renovada,
Parece até que estive acordada,
Mas vejo que foi mais um sonho,
Que se transpareceu nitidamente,
Nos meios infinitos,
Que trago em minha mente...
Assim... Eternamente.

Livia Papassoni dos Santos