quarta-feira, 13 de junho de 2012

Presente


Presente

Observo o horizonte,
As horas vão nascendo,
O alaranjado a sorrir, crescendo,
O perfume da natureza invadindo meus pensamentos,
Fazendo o despertar em mais um dia de contentamento...
Recordações prevalecem de diversos momentos,
Sonhos, imagens que partiram e deixaram seus sentimentos,
Faz assim o passar do dia,
Cores reluzentes que se transformam em alegria,
Pedras no caminho que se transformam em fantasia,
Sorrindo, amadurecendo em mais um dia...
Observando o horizonte,
As horas vão se acabando,
O alaranjado vai descendo, ao longe,
Agradecendo por mais um dia, felicito grande harmonia...
Miro o anoitecer do céu,
Vejo mais pontos ao horizonte,
Mas dessa vez parecem estar ao meu alcance,
É como se apenas um pulo fosse dado,
E eu os abraçasse, ao longe...
Não me entristeço com o escurecer,
Felicito com as luzes naturais,
Que contemplam todo o anoitecer,
Fazendo sonhar mais alto e amadurecer,
Sonhando com o próximo dia,
E assim, fazendo sempre engrandecer...

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Falar de amor


Há um tempo escrevi essa poesia, mas tinha vergonha de publicar... Assim, em uma bela madrugada, sinto que esta deve ser a publicada....

Dizer-te o que estou sentindo,
Talvez seja um grande desafio,
Pois encontrar palavras exatas,
É realmente algo difícil,
Serão com gestos, atos,
Somente assim saberei defini-lo.
Amor é uma palavra simples,
Mas seu contexto é magnífico,
São apenas quatro letras,
Mas seu conteúdo é assim,
Algo diferente, que não tem fim...
Tudo na vida passa,
Mas o verdadeiro amor é único,
Nada ultrapassa...
Adorar-te para sempre,
É meu maior desejo,
Pois amar-te, já te amo,
E para sempre assim,
Quero ser seu anjo!
Como te dizer,
O que neste momento,
Sinto por você?
Não sei...
Só saberei demonstrar-te,
Com estes simples e profundos versos,
O meu desejo,
Para sempre, amar-te!